Estamos nas Redes

Polícia

PC-AM prende homem por homicídio e ocultação de cadáver, ocorridos em 2022, no município de Iranduba

Publicado

on

O infrator tinha, também, um mandado de prisão em aberto, pelo crime de roubo

Delegado Raul Augusto Neto (FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM.)

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), prendeu, na segunda-feira (27/02), Ismael de Souza Soares, 32, pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver, praticados contra Darley dos Santos Rosas, que tinha 26 anos. Os crimes ocorreram em abril de 2022, na rodovia AM-070, naquele município.

De acordo com o delegado Raul Augusto Neto, titular da unidade policial, a vítima fazia parte de um grupo criminoso e sua morte foi decretada em razão de uma desavença entre os membros.

“O corpo de Darley, após ter sido assassinado a pauladas foi jogado da ponte do Rio Ariau, por Ismael e pelos demais integrantes do grupo, e foi encontrado cerca de um mês depois do crime, ocorrido em abril de 2022, em avançado estado de decomposição, no quilômetro 37, na comunidade do Ariaú, em Iranduba”, disse.

Segundo o titular, a prisão de Ismael ocorreu após recebimento de denúncia anônima, informando que o autor estaria escondido na casa de parentes.

“O indivíduo foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva, por homicídio e ocultação de cadáver. Após a prisão, e durante consulta no sistema, verificamos que ele tinha, também, outro mandado de prisão em aberto, expedido pela 8ª Vara Criminal de Manaus, pela prática de roubo”, disse.

O delegado ressaltou que a investigação em torno do caso segue em andamento para localizar, identificar e prender os demais participantes do crime.

Ismael responderá por homicídio, ocultação de cadáver e roubo e ficará à disposição da Justiça.

Publicidade

Facebook