Estamos nas Redes

Esportes

Seca de gols já aproxima de um mês no Santos, veja números

Publicado

on

A derrota para o Juventude por 3 a 0, além de deixar o time mais próximo da zona de rebaixamento, agora em 16º lugar, aumentou para cinco jogos sem balançar as redes. Ao todo, são 386 minutos e 23 dias sem gols do time que mais gols fez na história do futebol mundial.

No dia 4 de setembro, na derrota para o Cuiabá na Arena Pantanal, o meia Gabriel Pirani fez o último gol santista no Brasileirão. Na sequência, foram dois empates e duas derrotas, o que vem gerando grande desconforto dentro do elenco e provocando a fúria da torcida.

Durante a entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Fábio Carille falou da parte psicológica da equipe, que está incomodada. “Números incomodam bastante, principalmente a questão psicológica do grupo, que vai para o nono jogo sem vitória. A gente vê os jogadores preocupados, e digo que a gente vai ter que ser muito inteligente, não só eu, como a comissão e todos. Como acatar esses jogadores, como cobrar, porque pressionados eles já estão demais, e a gente vai ter que ser muito inteligente neste momento.”

Os números do ataque santista são preocupantes. Os últimos gols marcados por atacantes, foi na vitória contra a Juazeirense, em 28 de julho por 4 a 0, por Lucas Braga e Marcos Leonardo. Depois, foram ao todo 14 partidas, fez 7 gols e sofreu 18. Ao todo, venceu duas partidas (Chapecoense e Libertad/PAR), empatou cinco (Corinthians, Fortaleza, Internacional, Bahia e Ceará) e perdeu sete (Juazeirense, Libertad/PAR, Athletico/PR (Copa do Brasil), Flamengo, Cuiabá, Athl etico/PR (Brasileiro) e Juventude).

Com a necessidade extrema de voltar a marcar gols e vencer, o Santos terá mais uma semana inteira para treinos e no domingo, enfrenta o Fluminense na Vila Belmiro às 18h15, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Publicidade

Facebook