Estamos nas Redes

Prefeitura

Vacinação contra a Covid-19 é ofertada em 75 pontos de imunização da prefeitura

Publicado

on

A Prefeitura de Manaus prossegue com o trabalho de proteger a população contra as formas graves da Covid-19, disponibilizando 75 pontos de vacinação ao longo desta semana (27/2 a 3/3), em todas as zonas geográficas da capital. As unidades da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), além do horário regular, das 8h às 16h, também ofertam as vacinas no horário ampliado, das 8h às 20h. Para saber os locais de vacinação, a população pode consultar o link bit.ly/ubscovidmanaus, as redes sociais e também o site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br).

A população de crianças, adolescentes, adultos e idosos pode tomar a primeira, segunda, terceira, quarta e quinta doses seguindo os grupos preconizados pelo Ministério da Saúde e o esquema vacinal individual. Se o usuário não lembrar qual a dose que deve receber, pode consultar a plataforma Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br/) no quadro “Consultar minhas doses” para saber qual deve ser recebida.

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, destacou a importância de manter o calendário vacinal atualizado, uma medida eficaz que garante imunidade contra as formas graves da doença. Segundo Shádia, as pessoas têm a tendência de achar que ao tomar as vacinas não irão manifestar nenhum sintoma, quando o a função deste imunizante é evitar as formas graves da Covid-19, que debilitam muito a saúde.

“No caso da Covid, o objetivo da vacina é fazer o organismo criar uma barreira contra a doença de modo que as hospitalizações por falta de ar, saturação de oxigênio muito baixa e pressão intensa no peito, não debilitem ou coloquem em risco a vida das pessoas. Para evitar esse quadro, é preciso cumprir o esquema vacinal inicial com as duas doses, e as doses de reforço”, enfatizou.

Crianças

A criançada também tem vez na vacinação contra a Covid-19. O segmento de 5 a 11 anos tem 35 pontos ao longo da semana para se proteger do coronavírus. As crianças com essas idades podem dar início ao esquema vacinal e tomar a dose de reforço.

Já os pequenos de 6 meses a 4 anos de idade estão sendo protegidos com a Pfizer Baby, que compreende o esquema vacinal inicial de três doses. A Semsa concentrou a oferta da vacina para este público em 14 unidades básicas de saúde para evitar o desperdício de doses.

Adolescentes

A população de 12 a 17 anos, pode receber a primeira, segunda e terceira dose nas unidades que funcionam das 8h às 17h e das 8h às 20h. Os adolescentes com alto grau de imunossupressão também podem receber a quarta dose.

Bivalente

Os grupos formados por idosos a partir dos 60 anos e pessoas acima de 12 anos puérperas, gestantes, imunossuprimidos, indígenas, quilombolas, ribeirinhos, residentes e trabalhadores em instituições  de longa permanência, que tenham tomado a segunda dose das vacinas monovalentes ou qualquer dose reforço há, pelo menos, quatro meses, já podem receber a vacina bivalente.

Esta vacina tem duas funções: gera anticorpos para a cepa original do coronavírus e também combate as variantes da ômicron. Por estar mais vulnerável às formas graves da Covid-19, esse grupo tem prioridade para receber o imunizante. “Mas a Semsa reafirma a importância das vacinas monovalentes, que são essenciais para impedir as manifestações graves da doença nas demais pessoas”, pontuou a secretária Shádia.  

A bivalente está sendo ofertada em 25 Unidades Básicas de Saúde localizadas em em todas as zonas geográficas da capital. “Quem integra este grupo deve se vacinar para fortalecer a imunidade e evitar os sintomas graves da Covid. A vacina é gratuita e a Semsa está facilitando ao máximo o acesso a esses imunizantes”, disse Shádia.

Para ser vacinados, os usuários precisam apresentar documento de identidade ou certidão de nascimento, se criança, CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS) e também o cartão de vacina. No caso de crianças e adolescentes é necessário o acompanhamento de um adulto responsável.

Texto – Tânia Brandão / Semsa

Fotos– Divulgação/Semsa

Publicidade

Facebook