Estamos nas Redes

Prefeitura

Prefeito destaca apoio inédito da prefeitura aos atletas do Jiu-Jítsu de Manaus para a disputa do Campeonato Brasileiro

Publicado

on

O prefeito de Manaus, David Almeida, prestigiou, na manhã deste domingo, 5 de março, a seletiva classificatória para a disputa do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu, no ginásio Ninimberg Guerra, o ‘Bergão’, localizado no bairro São Jorge, na zona Oeste da capital amazonense. Ao todo, 400 atletas de todas as categorias se inscreveram para participar do processo, que garante aos classificados o apoio da prefeitura para participar da competição em nível nacional.

“Manaus é uma referência para o Brasil e para o mundo no Jiu-Jítsu, aqui nós temos atletas de alto nível e pela primeira vez a prefeitura está dando esse apoio. O campeonato brasileiro acontece só em abril, mas nós estamos nos antecipando para dar condições aos atletas. Serão 45 classificados que vão receber passagens aéreas e, para o ano que vem, nós vamos aumentar para 100 passagens e R$ 1 mil em ajuda de custo para cada atleta classificado na seletiva”, destacou o prefeito.

A disputa deste ano do brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu (CBJJ) acontece de 29/4 a 7/5, em Barueri, São Paulo. Os competidores mais bem avaliados na seletiva deste domingo vão integrar o programa “Manaus Olímpica” e embarcam para a competição com auxílio da Fundação Manaus Esporte (FME) para representar a capital amazonense. 

“Este ano foram 400 inscritos de forma gratuita e nós estamos muito contentes, porque o Jiu-Jítsu é um esporte com muitos adeptos e grandes atletas em nossa cidade e isso aqui é uma retribuição para com o esporte. Eventos iguais a esse proporcionam a descoberta de novos talentos, a criançada está chegando ‘quente’ para, quem sabe, ser campeão brasileiro e trazendo mais medalhas para Manaus”, afirmou o diretor-presidente da FME, Aurilex Moreira.

Orley Lobato, um dos mestres de Jiu-Jítsu que comanda a seletiva, explicou que o processo classificatório foi dividido em categorias e que, durante a disputa a arbitragem vai analisar as técnicas dos competidores para identificar as melhores performances. “As categorias juvenis para baixo foram divididas de 10, 11 e 12, masculina e feminina; 13,14 e 15, masculina e feminina; 16 e 17, masculina e feminina. Já para os adultos ficou: feminino adulto, adulto máster e feminino máster”.

Entre os nomes dos competidores deste domingo estavam o de Ana Clara Oliveira, de 11 anos, campeã mundial da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu Esportivo (CBJJE), na categoria pena infantojuvenil. Ela se deu bem contra a adversária e garantiu a vaga para o campeonato brasileiro. “A disputa foi muito boa e estou muito feliz, isso aqui é a realização de um sonho e se tudo der certo eu vou trazer uma medalha de ouro para Manaus”, comemorou.  

Texto – Hellen Miranda / Semcom

Fotos – Clóvis Miranda e Dhyeizo Lemos / Semcom

Publicidade

Facebook