Estamos nas Redes

Prefeitura

‘Leite do Meu Filho’ retoma distribuição para beneficiários com iniciais A e B nesta segunda-feira, 6/3

Publicado

on

A Prefeitura de Manaus reforça que a distribuição das fórmulas infantis do programa “Leite do Meu Filho” será retomada, nesta segunda-feira, 6/3, exclusivamente para os beneficiários com as letras iniciais A e B, considerando o nome do responsável pela criança. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que até o dia 14/3, a entrega será voltada para produtos destinados a crianças de 1 a 2 anos de idade.

De acordo com a chefe do Núcleo de Alimentação e Nutrição da Semsa, Lia Ferreira, as centrais funcionam no período de 8h às 16h30, no shopping Phelippe Daou (avenida Camapuã, nº 2.939, bairro Cidade de Deus, zona Norte) e no Complexo de Saúde Oeste (rua Comandante Paulo Lasmar, nº 10, bairro da Paz, zona Oeste). Nesta segunda-feira, são esperadas 945 pessoas.

“As famílias irão receber o retroativo dos produtos referente aos meses de janeiro e fevereiro, e no próximo mês, vão receber o retroativo a março e também o referente ao mês de abril. Essa distribuição escalonada por ordem alfabética foi necessária por conta do grande número de beneficiários dessa faixa etária, que passa de 6,5 mil crianças”, explica a nutricionista.

Na terça-feira, 7/3, devem se dirigir às centrais os responsáveis com iniciais C, D e E; na quarta-feira, 8/3, é a vez dos usuários com as iniciais F, G, H, I e J; quinta-feira, 9/3, aqueles com as iniciais K e L; e na sexta-feira, 10/3, os responsáveis com iniciais M, N, O, P e Q. Na próxima segunda-feira, 13/3, a fórmula será entregue aos beneficiários das letras R e S, e na terça-feira, 14/3, àqueles com as iniciais T, U, V, W, X, Y e Z.

Um novo cronograma será divulgado nos próximos dias para a distribuição do composto lácteo para crianças de 3 a 4 anos. Executado com recursos próprios do município, o programa “Leite do Meu Filho” beneficia, ao todo, 16,8 mil crianças com idades entre 0 e 4 anos.

Lia reforça que a retomada na distribuição do “Leite do Meu Filho” foi possível graças a uma compra emergencial realizada pela Prefeitura de Manaus, após os prazos legais para a entrega terem sido descumpridos pelo fornecedor que ganhou a última licitação do programa. Uma nova licitação está em andamento.

Texto – Victor Cruz / Semsa

Foto – Divulgação / Arquivo Semsa

Publicidade

Facebook