Estamos nas Redes

Prefeitura

Ageman vistoria funcionamento do Aterro Sanitário de Manaus

Publicado

on

Engenheiros da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) estiveram na manhã desta segunda-feira, 18/10, no Aterro Sanitário da cidade, localizado no Km 19 da rodovia AM-010. A visita é parte do início dos trabalhos que a agência municipal irá realizar junto à Comissão de Estudos Técnicos para implementação do novo aterro e da Usina Biológica de Gás, visto que a atual concessão do serviço está prevista para encerrar em 2025.

Durante a vistoria, os engenheiros da Ageman tiveram a oportunidade de conhecer a operacionalidade do aterro, a Usina Biológica de Gás e também a primeira Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos da região Norte do país.

“Como vamos passar a regular e fiscalizar também a questão dos resíduos sólidos na cidade de Manaus, conforme determinação do prefeito de Manaus, David Almeida, a partir dessa nova concessão, se faz extremamente necessária a nossa vinda aqui, para que os técnicos que vão atuar diretamente na comissão possam obter informações a respeito dos processos de funcionamento do aterro e também esclarecer eventuais dúvidas”, afirmou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, que também acompanhou a visita dos engenheiros.

O Aterro de Resíduos Sólidos de Manaus está em operação desde 1985 e a área estimada é de 73 hectares. O espaço é o único complexo de destino final dos resíduos sólidos urbanos da cidade de Manaus.

Diariamente, o aterro recebe em média 2,8 toneladas de resíduos sólidos.

A empresa Tumpex é a concessionária responsável pela gestão do aterro, a qual subcontrata a empresa Marquise, para os diversos processos de recebimento, tratamento e destinação final dos resíduos.

Além da Ageman, fazem parte também da Comissão de Estudos Técnicos para a implementação do novo aterro, representantes da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), do Conselho Municipal de Gestão Estratégica (CMGE) e também da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Com o início da regulação dos resíduos sólidos, a cidade de Manaus será a primeira capital da região Norte do país a promover a regulação e a fiscalização dos processos envolvendo os resíduos sólidos, por meio de uma agência reguladora.

Texto – Tereza Teófilo / Ageman

Foto – Divulgação / Ageman

Publicidade

Facebook