Estamos nas Redes

Política

Vereadores condenam ataques criminosos na internet que visavam atingir prefeito de Manaus

Publicado

on

O plenário da Câmara Municipal de Manaus se voltou em peso, na manhã desta segunda-feira, 18/9, em defesa das mulheres, das famílias e, especificamente, em defesa da jovem Izabelle Fontenelle, de 27 anos, estudante de Medicina e namorada do prefeito de Manaus, David Almeida.

A partir de documento apócrifo, tentaram difamar a jovem neste final de semana pelas redes sociais, com dossiê fake, prática criminosa segundo o Código Penal Brasileiro, que atenta contra a honra e os direitos humanos, com a direta intenção de atacar politicamente o chefe do executivo municipal, a um ano das eleições.

Vale lembrar que a gestão David Almeida tem alcançado reconhecimento nacional em diversas áreas e a aprovação do político, chega a casa dos 70%.

O inciso X do art. 5º da Constituição Federal foi muito citado pelos parlamentares, já que é categórico quando diz que: “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação”. A Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes Cibernéticos, da Polícia Civil do Amazonas, já está investigando o caso para chegar ao/aos autor/autores e aos que disseminaram os ataques virtuais.

Ao iniciar seu discurso, o vereador Raulzinho afirmou que repudia ataques a qualquer mulher, com o intuito de execrar sua honra e atacar politicamente um opositor. “Espero que esse tipo de ataque não tenha saído de partido político ou de algum membro da Câmara Municipal. Não podemos aceitar esse tipo de postura e atitude. O caso está sendo investigado e os envolvidos serão punidos”.

Chamando de “jogo sujo da política”, o vereador Sassá também se manifestou contra os ataques à jovem, às mulheres e as famílias. “Pode ser namorada, noiva ou esposa de quem for. Todas as mulheres devem ser respeitadas. Um homem não pode atacar uma mulher, porque veio de uma mulher. Quem publicou esses ataques fakes deve ser processado e punido, junto com os autores”, disse.

Comissão de Ética deve ser acionada

Após citar à Constituição Federal, que trata da inviolabilidade da vida privada e da imagem das pessoas, o vereador Mitoso cobrou que a Comissão de Ética da Câmara Municipal seja acionada, para analisar o possível envolvimento de algum parlamentar nesses ataques. “Que esta Casa tome as providências. Precisamos manter o foco, e não confundir o que é público com o privado, atingindo famílias”.

Também em solidariedade à jovem Izabelle e ao prefeito, o vereador Elan Alencar foi a público condenar os ataques e informar que a Polícia Civil está investigando e que os envolvidos responderão por seus atos.

“Estarei sempre em defesa das famílias, que é a instituição mais sagrada da nossa sociedade. Minha solidariedade e total repúdio a tudo o que estão fazendo, para tentar difamar essa jovem e atacar o prefeito”, disparou o vereador professor Samuel.

Repúdio e Desagravo

O vereador Fransuá foi enfático ao repudiar o que chamou de tentativa rasa, sem efeito prático, de tentar manchar a administração do prefeito. “Não tem o que falar de uma gestão que tem uma grande aceitação da população. E foram para a vida pessoal. É a função do abutre, de se alimentar do que é ruim. A mulher deve ser respeitada, sempre. Por isso, quero contribuir com esse repúdio, porque estão misturando o público com a vida privada. Mas não vão conseguir. A investigação está em curso e teremos uma conclusão, para punir os responsáveis”.

E o vereador Peixoto ainda enfatizou que sempre estará em defesa das mulheres e das famílias. Assim como o vereador Gilmar Nascimento, que apresentou Moção de Desagravo, em relação aos fatos.

Os vereadores que se posicionaram afirmaram que assinarão Moção de Repúdio, diante de todos os ataques à jovem Izabelle.

Publicidade

Facebook