Estamos nas Redes

ELEIÇÕES 2024

Pré-candidato a prefeito, Roberto Cidade reúne com representantes do trade turístico local para ouvir demandas e sugestões

Publicado

on

O pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade (UB), esteve reunido nesta sexta-feira, 14/6, com representantes de associações do trade turístico local para escutar sobre as demandas setoriais. As reclamações e sugestões podem vir a compor o Plano de Governo do pré-candidato, que está em fase de elaboração.

Dentre os pontos abordados estão o melhor ordenamento da área central de Manaus, melhoria na limpeza pública, na infraestrutura, ampliação na segurança, além do incentivo aos empreendimentos culturais e turísticos que possam ampliar e fortalecer esse segmento.

“O setor do Turismo em Manaus está abandonado. Manaus precisa de um prefeito que converse, que escute vocês, que são quem conhecem as necessidades. Somente assim pode-se encontrar um caminho, entrar num entendimento para que a Prefeitura de Manaus colabore fazendo a sua parte. Algumas propostas daqui podem vir a ser incluídas no nosso Plano de Governo. Nosso plano é feito de propostas viáveis para que, à frente do Executivo, a gente possa cumprir. De mim vocês vão ter isso. Estou com vocês nessa causa”, afirmou o pré-candidato.

Ao final do encontro foi entregue à Cidade uma carta de intenções assinada por membros de todas as organizações presentes.

Representantes do setor

Proprietária da Paradise Turismo, Claudia Mendonça falou da luta que é para permanecer atuando no segmento de turismo e contribuindo para a melhoria da categoria hoteleira na capital.

“Uma das minhas atividades é pegar essas casas fechadas, restaurar e devolver para a cidade em forma de hotelaria. Mas isso é uma luta constante. A gente quer cuidar, só que às vezes dá vontade de ‘jogar a toalha’. Manaus precisa ser uma cidade referência, em que as pessoas desejem chegar, mas para isso a Prefeitura tem que fazer a sua parte, o Poder Público tem que fazer a sua parte e o empresariado a sua”, falou.

Uma das reclamações apresentadas foi quanto a falta de fiscais à noite, o que torna a desordem ainda maior. “Uma sugestão nossa para melhorar o ordenamento seria setorizar o centro, pra melhor organizar e dividir as responsabilidades”, completou Cláudia.

Outra sugestão, essa de Diogo Vasconcelos, proprietário do Bar & Restaurante Abaré, localizado à rua Ferreira Pena, é a criação de um circuito verde e cultural que envolva, por exemplo, as praças do Congresso e da Saudade.

Representante da Abrasel, Franco Andrade falou de duas propostas da entidade. Uma é a ampliação no horário de funcionamento das linhas de ônibus, de quinta a domingo, para facilitar o deslocamento dos funcionários e colaboradores de bares e restaurantes; e ainda que a Feira Internacional de Gastronomia (FIGA) entre no calendário oficial do município.

“A Abrasel acredita que o caminho é pelo diálogo e por isso trouxemos nossas demandas aqui. Precisamos de um candidato comprometido e que arrume a casa, que dê o espaço necessário para colocarmos as nossas propostas para cada área específica. Estamos hoje entregando esta carta e agradecemos pela oportunidade de sermos ouvidos”, declarou.

Para o presidente da Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo do Amazonas (ABBTUR/AM), José Itamar Souto, falta em Manaus um agente público que seja um ordenador.

“Uma coisa que gostaria de pontuar é para que construam uma cidade que seja boa para nós, moradores. Porque se ela for ótima para nós, moradores, ela será excelente para qualquer pessoa que venha visitá-la. O Turismo precisa estar também dentro desse processo. Mas tendo a consciência de que for ofertado para a sociedade esse benefício, será também ofertado para o turismo”, sugeriu.

Participaram da reunião representantes da:

  • Associação Brasileira de Agências de Viagens, seccional Amazonas (ABAV);
  • Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, seccional Amazonas (Abrasel);
  • Amazonas Cluster de Turismo (setor de hotelaria);
  • Associação dos Flutuantes do rio Tarumã-Açu (AFLUTA);
  • Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (ABRAJET);
  • Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (ABBTUR);
  • Sindicato dos Guias de Turismo (SINDEGTUR).

Turismo em Manaus

Conforme levantamento divulgado pela Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), vinculada ao Ministério do Turismo, em janeiro deste ano, Manaus é a terceira na lista das seis capitais mais buscadas na alta estação.

Ranking nacional

1º – Natal (com alta de 26,6%)
2º – Salvador (com 24,7%)
3º- Manaus (com 23,7%)
4º- Rio de Janeiro (com 19,9%)
5º- São Paulo (com 17,7%)
6º- Recife (com 6,7%)

Hoje Manaus é conectada, via aérea, internacionalmente, com o Panamá, Bogotá (Colômbia) e Fort Lauderdale e Miami, nos Estados Unidos.

Única representante do Brasil

A capital do Amazonas também figura na lista dos 50 melhores destinos para se visitar em 2024, feita pela revista Lonely Planet, especializada em viagens ao redor do mundo.

Cabe destacar que Manaus é a única representante do Brasil na lista, que está dividida nas categorias de países, regiões, cidades, sustentáveis e custo-benefício.

Publicidade

Facebook