Estamos nas Redes

Política

Menezes diz: ‘a Direita em Manaus não vota em partido, mas, nas pessoas’

Publicado

on

Após a entrevista coletiva de Alfredo Nascimento, o ex-superintendente da Suframa, Coronel Menezes, respondeu com contundência, destacando uma faceta peculiar da política local. Em um vídeo incisivo, Menezes não poupou críticas, denominando Nascimento como um “defunto político” e questionando sua representatividade na Direita de Manaus. Mais do que uma simples discordância partidária, o episódio revela uma dinâmica peculiar: a preferência por pessoas em detrimento dos partidos políticos na capital amazonense.

O rompimento de Menezes com o Partido Liberal (PL) não foi apenas uma mudança partidária comum. Ele anunciou sua saída em um evento significativo, durante o lançamento da pré-candidatura de Roberto Cidade à Prefeitura de Manaus pelo União Brasil. Essa movimentação indica uma possível realocação estratégica dentro do cenário político local, sugerindo uma reconfiguração de forças e alianças em jogo.

Publicidade
Publicidade

Facebook