Estamos nas Redes

Polícia

Violência doméstica: Mulher é morta a pauladas após discussão com parceiro

Publicado

on

Foto: Divulgação

Cristiane de Souza Bacelar, 42 anos, faleceu após sofrer uma agressão brutal na madrugada do último sábado (10) em uma comunidade situada no município de Presidente Figueiredo, a 117 quilômetros de Manaus.

Alciely Mitoso dos Santos, de 50 anos e companheiro da vítima, confessou ter cometido o crime. Segundo informações da polícia do 37º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Cristiane saiu de casa e não retornou. Preocupado com a demora, Alciely procurou a vítima e, ao encontrá-la, o casal iniciou uma discussão.

Durante o conflito, Cristiane agrediu Alciely com chutes e tentou fugir para um terreno baldio, porém, acabou caindo, e o suspeito a atingiu repetidamente com golpes de pau, fazendo-a desmaiar inconsciente.

Conforme as informações, Alciely levou Cristiane para casa, deu-lhe um banho e, em seguida, chamou seu filho de 13 anos, que percebeu que a mãe já estava sem vida. O filho pediu ajuda a uma sobrinha da vítima, que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas a equipe médica constatou apenas o óbito de Cristiane.

Publicidade

À polícia, Alciely inventou uma história, alegando ter encontrado Cristiane ferida e pedindo água, além de afirmar que ela havia sido estuprada. No entanto, diante das contradições em sua versão e das evidências encontradas, ele decidiu revelar a verdade, admitindo ser o responsável pelo crime.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para a remoção do corpo. Alciely foi preso e permanecerá sob custódia aguardando o devido processo legal.

Publicidade
Publicidade

Facebook