Estamos nas Redes

Polícia

Família é presa em Manaus com meia tonelada de maconha tipo skunk e oxi

Publicado

on

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e em conjunto com a Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core-AM), deflagrou no sábado (18/05) uma operação que resultou na prisão em flagrante de Marinalda de Souza Ferreira, 50 anos, e de seus filhos Jardel de Souza Izidoro, 32 anos, e Manoel de Souza Izidoro, 30 anos. Durante a operação, foram apreendidas meia tonelada de maconha tipo skunk e oxi, avaliadas em R$ 7,5 milhões.

Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (20/05) na sede da Delegacia Geral (DG), o delegado-geral adjunto da PC-AM, Guilherme Torres, destacou o trabalho investigativo do Denarc que culminou nesta significativa apreensão de drogas. Torres mencionou que, apenas neste ano, a Polícia Civil já confiscou aproximadamente 7 toneladas de entorpecentes.

“Parte da droga apreendida nesta operação é a maconha tipo skunk, produzida na região de Cauca, na Colômbia, que faz fronteira com o Brasil. Esse material ilícito foi confiscado na zona urbana de Manaus e as investigações indicaram que era destinado ao tráfico interno. Essa excelente atuação demonstra o compromisso da Polícia Civil e das Forças de Segurança no combate ao tráfico de drogas”, afirmou o delegado-geral adjunto.

Investigações

Conforme o delegado Rodrigo Torres, diretor do Denarc, a equipe policial já vinha investigando o grupo criminoso e descobriu que a droga partia do município de Japurá (a 744 quilômetros de Manaus) com destino à capital amazonense.

Após a chegada da droga em Manaus, o local de armazenamento no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste, foi identificado. Com base nessas informações, foi solicitada à Justiça a expedição de um mandado de busca e apreensão para a residência da família, o qual foi deferido.

No sábado (18/05), as equipes policiais se dirigiram ao imóvel e, durante as buscas, localizaram as substâncias entorpecentes, que seriam distribuídas em Manaus e parte do Amazonas. No local, foram presas três pessoas da mesma família.

Também foram apreendidas máquinas de embalagem a vácuo, balanças digitais e munições para pistola calibre 9 milímetros. Toda a Força de Segurança do Estado está atuando no combate a todos os tipos de crimes, inclusive o tráfico de drogas, seja nas áreas de fronteiras, fluvial e urbana.

“Agora os trabalhos continuam para tentar chegar aos fornecedores. Já tínhamos informações de outras drogas recebidas pelo mesmo grupo criminoso aqui em Manaus. Este já é o segundo depósito que o Denarc consegue desativar com grande quantidade de drogas na área urbana este ano,” relatou Rodrigo Torres.

Apoio tático

O delegado Juan Valério, coordenador da Core-AM, relatou que, após receber informações do Denarc, a equipe adentrou o imóvel, que era bastante amplo e fortificado, com diversos obstáculos, incluindo portas de ferro reforçadas.

“Conseguimos localizar a droga ainda no depósito e retirá-la de circulação. Essa é mais uma ação integrada entre Denarc e Core-AM que obteve um resultado excelente”, destacou Juan Valério.

O trio foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse de munição de uso restrito. Eles passaram por audiência de custódia e permanecem à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação

Publicidade

Facebook