Estamos nas Redes

Polícia

Em Pauini, PC-AM e PMAM prendem dois homens por homicídio e não pagamento de pensão alimentícia

Publicado

on

Prisões ocorreram ao longo de segunda-feira (06/02) e esta terça-feira (07/02)

Divulgação/PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 63ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Pauini (a 923 quilômetros de Manaus), com o apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), deflagrou, ao longo da segunda (06/02) e da terça-feira (07/02), ações que resultaram na prisão de Ataíde Maurício de Souza, de 29 anos, condenado pelo crime de homicídio; e de um homem, 36, por não pagamento de pensão alimentícia.

De acordo com o investigador André Sergey, gestor da unidade policial, em diligências na segunda-feira, por volta das 10h40, no bairro Mangueiral, os policiais cumpriram um mandado de prisão civil em nome de um homem por não pagamento de pensão alimentícia.

Já na terça-feira, por volta das 11h, foi cumprido mandado de prisão por sentença condenatória de Ataíde Maurício de Souza, no bairro Cidade Baixa. O indivíduo foi condenado a 14 e 10 meses de prisão em regime fechado por homicídio praticado em 2015.

“Ele já foi condenado por homicídio, e aguarda julgamento em torno de um outro caso ocorrido em 2013. Em ambos os casos as vítimas foram mortas com golpes de faca. O infrator as matou friamente, sem chance de defesa, com requintes de crueldade”, relatou o gestor.

Decisões judiciais e procedimentos

O mandado de prisão civil foi expedido no dia 7 de novembro de 2022. Já a sentença condenatória, no dia 6 de fevereiro deste ano. Ambos foram expedidos pela Comarca de Pauini.

Ambos ficarão custodiados na carceragem da unidade policial, à disposição do Poder Judiciário.

Publicidade

Facebook