Estamos nas Redes

Internacional

Presidente do Irã promete resposta após ataque aéreo de Israel contra embaixada síria

Publicado

on

O presidente do Irã, Ebrahim Raisi, declarou hoje que os recentes ataques aéreos realizados por Israel contra a embaixada iraniana na Síria não ficarão sem resposta. O ataque resultou na morte de sete militares iranianos, incluindo o general Mohammad Reza Zahedi, comandante das Forças Quds, o que o tornou um dos mais letais confrontos na guerra em curso entre Israel e o Irã.

Raisi denunciou o ataque como desumano, agressivo e uma flagrante violação do direito internacional. Ele prometeu que o Irã responderá, embora não tenha detalhado os planos de retaliação. Raisi também observou o crescente apoio internacional à causa palestina e a indignação contra Israel.

O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã, também ameaçou punir o “malévolo regime sionista”. O ministro das Relações Exteriores iraniano, Hossein Amir Abdollahian, convocou o embaixador suíço para entregar uma mensagem importante a Washington, exigindo que os EUA sejam responsabilizados pelas ações de Israel, seu aliado no Oriente Médio.

O Parlamento iraniano pediu uma resposta nacional, enquanto os cidadãos saíram às ruas em diversas cidades do Irã, manifestando apoio aos palestinos e exigindo vingança contra Israel. O ataque, atribuído a Israel, foi o primeiro direcionado a uma instalação diplomática iraniana na Síria, onde o Irã apoia o governo de Bashar al-Assad.

O Conselho de Segurança da ONU convocou uma sessão pública para discutir o ataque, após um apelo do representante russo. O Irã instou o Conselho de Segurança a condenar o ataque como um ato terrorista perpetrado por Israel.

Foto: Iranian Presidency/AFP Photo

Publicidade

Facebook