Estamos nas Redes

Internacional

Exército russo recruta mais de 200 mil pessoas em duas semanas, diz ministro

Publicado

on

Mobilização ordenada por Vladimir Putin permite o recrutamento de 300 mil reservistas

Mais de 200 mil pessoas foram recrutadas pelo Exército russo desde o anúncio de uma mobilização “parcial” anunciada em 21 de setembro para a ofensiva na Ucrânia. A informação foi divulgada pelo ministro da Defesa, Sergei Shoigu, nesta terça-feira (4).

Oficialmente, esta mobilização ordenada pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, pode permitir o recrutamento de 300 mil reservistas com experiência militar, ou com competências úteis para a batalha, em um momento em que o exército russo se encontra em dificuldades na Ucrânia.

— Até hoje, mais de 200 mil pessoas se alistaram no exército — disse Shoigu em uma reunião, citado por agências de notícias russas.

Shoigu declarou ainda que as tropas mobilizadas estão sendo treinadas em cerca de 80 campos militares e seis centros de formação.

O ministro afirmou que um “número significativo” de pessoas se apresentou voluntariamente nas delegacias do país, antes mesmo de serem convocadas.

A mobilização gerou protestos na Rússia e um êxodo de homens em idade de ir para o “front”, levando dezenas de milhares de pessoas a fugirem do país.

Foto: Reuters

Fonte: Agência Brasil

Publicidade

Facebook