Estamos nas Redes

Esportes

Fluminense é derrotado pelo Bahia na Arena Fonte Nova em partida pelo Brasileirão

Publicado

on

Na Arena Fonte Nova, na noite desta terça-feira, o Fluminense enfrentou o Bahia pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro e acabou derrotado. Apesar de abrir o placar com um gol de Cano, a equipe visitante não conseguiu manter a vantagem, sofrendo a virada com gols de Caio Alexandre e Cauly, terminando com um placar de 2 a 1 para os donos da casa.

Com esse resultado, o Fluminense segue sem vencer no campeonato, somando apenas um ponto até o momento, após empatar com o Bragantino na estreia. Por outro lado, o Bahia conquista sua primeira vitória na competição, chegando a três pontos e vislumbrando uma escalada na tabela ao término desta rodada.

Na próxima rodada do Brasileirão, ambas as equipes enfrentarão clássicos estaduais. O Fluminense terá pela frente o Vasco da Gama no sábado, no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), enquanto o Bahia enfrentará o Vitória no domingo, em um Ba-Vi na Série A que não ocorria desde 2018, às 16h.

O jogo

A forte chuva que caiu em Salvador no horário da partida prejudicou muito o espetáculo. O campo foi ficando cada vez mais alagado e impunha muitas dificuldades para ambas as equipes. O Fluminense começou pressionando a saída de bola e se aproveitou de uma falha da defesa para pular na frente no placar logo aos três minutos.

O lateral-direito Santiago Arias dominou a bola mas recebeu a pressão do Arias tricolor. O colombiano do Flu roubou a bola e tocou no meio para Germán Cano, já dentro da área. O artilheiro trabalhou rápido e bateu no canto de Marcos Felipe antes que a marcação pudesse bloquear.

Mesmo com as péssimas condições do gramado, o Bahia partiu pra cima em busca do empate e quase chegou lá aos 7. Falta cobrada na área e Cuesta acertou a cabeçada e obrigou Fábio a fazer grande defesa. A bola ficou viva na frente do gol e Manoel conseguiu mandar para longe.

A chuva não dava trégua e o árbitro decidiu interromper o jogo aos 16 minutos e 40 segundos da primeira etapa. O confronto permaneceu paralisado por mais de 45 minutos até que, após a chuva dar uma trégua, o árbitro decidiu recomeçar. As duas equipes voltaram ao gramado, fizeram o aquecimento e a bola voltou a rolar.

Com o gramado em melhores condições, o jogo ganhou em movimentação e foi equilibrado no restante do primeiro tempo. As duas equipes buscavam o gol marcando a saída de bola adversária e tentando sair em velocidade ao retomar a bola.

O Bahia se sobressai a partir dos 35 minutos e passa a criar as melhores oportunidades. Em jogada pela direita, Cauly faz ótima enfiada para a chega de Ademir, que bateu em cima de Fábio mas ganhou um escanteio. A bola foi levantada na área e a defesa conseguiu rebater. Caio Alexandre pegou o rebote na entrada da área pela esquerda, ajeitou e acertou um belo chute no ângulo oposto de Fábio, que nada pode fazer.

Com nenhuma das duas equipes querendo dar chance para o azar, o jogo ficou mais pegado na segunda etapa, com sequências de faltas e cartões para ambos os lados. O Bahia seguia mais próximo do gol e conseguiu a virada aos 16. Jean Lucas recebeu na esquerda próximo à área e tocou para Cauly, na meia lua. O camisa 8 entrou na área, driblou Manoel e, de frente para o gol, estufou a rede com um balaço de canhota.

O Flu tentou pressionar em busca do empate, mas se expôs muito aos contra-ataques. Fernando Diniz e Rogério Ceni fizeram várias substituições e o nível técnico do duelo caiu. O Tricolor abusou das bolas cruzadas na área mas não escapou da derrota.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 X 1 FLUMINENSE

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data: 16/04/2024, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: João Vitor Gobi (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP)
VAR: Daiane Muniz (Fifa-SP)
Público: 23.080
Cartões amarelos: Caio Alexandre, Thaciano, Everton Ribeiro, Everaldo (Bahia); Martinelli, John Kennedy, Alexsander, Ganso (Flu)
Gols:
BAHIA: Caio Alexandre, aos 35 min do 1º tempo; Cauly, aos 16 min do 2º tempo
FLUMINENSE: Cano, aos 3 min do 1º tempo

BAHIA: Marcos Felipe; Santiago Arias, Gabriel Xavier, Cuesta e Luciano Juba; Caio Alexandre (Rezende), Jean Lucas, Cauly (Cicinho) e Everton Ribeiro (Carlos de Pena); Ademir (Biel) e Thaciano (Everaldo)
Técnico: Rogério Ceni

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier (Kauã Elias), Manoel (Douglas Costa), Martinelli e Diogo Barbosa (Alexsander); André, Lima (John Kennedy), Ganso e Arias; Marquinhos e Cano (Isaac)
Técnico: Fernando Diniz

Publicidade

Facebook