Estamos nas Redes

Esportes

Corinthians vence clássico contra São Paulo e fica próximo da final da Copa do Brasil 2023

Publicado

on

Na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil de 2023, o Corinthians saiu na frente ao vencer o São Paulo por 2 a 1 na Neo Química Arena. Renato Augusto foi a grande estrela do clássico ao marcar os dois gols dos donos da casa, enquanto Luciano descontou para o São Paulo.

Com esse resultado, o Corinthians precisa apenas de um empate no jogo de volta para garantir sua vaga na final. Caso o São Paulo vença por um gol de diferença, a decisão será decidida nos pênaltis. Na outra semifinal, Flamengo e Grêmio também disputam uma vaga na final da Copa do Brasil.

É importante destacar que o Corinthians mantém um tabu em seus confrontos contra o São Paulo em Itaquera, nunca tendo perdido para o clube do Morumbi no estádio desde sua inauguração em 2014. Ao todo, foram 11 vitórias corintianas e sete empates em 18 encontros.

O jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil está agendado para o dia 16 de agosto, quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no estádio do Morumbi.

Antes de se concentrarem no clássico da Copa do Brasil, ambas as equipes voltarão suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Corinthians enfrentará o Vasco no próximo sábado, pela 17ª rodada, às 18h30 (horário de Brasília), novamente na Neo Química Arena. Já o São Paulo receberá o Bahia no domingo, às 11 horas.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Data: 25 de julho de 2023, terça-feira
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Nailton Junior de Sousa (Fifa-CE)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa-SP)
Público total: 46.965 pessoas
Renda: R$ 2.690.717,50

Gols: Renato Augusto, aos três minutos e aos 36 do segundo tempo (Corinthians); Luciano, aos 10 minutos do segundo tempo (São Paulo)
Cartões amarelos: Pablo Maia, Luciano e Beraldo (São Paulo)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Murillo e Fábio Santos; Fausto (Matheus Araújo), Maycon (Roni), Ruan Oliveira (Adson) e Renato Augusto (Bruno Méndez); Róger Guedes e Yuri Alberto (Felipe Augusto)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SÃO PAULO: Rafael; Rafinha, Arboleda, Beraldo e Caio Paulista; Pablo Maia, Alisson, Michel Araújo (Rodrigo Nestor/J.Méndez)) e Wellington Rato (Erison); Luciano (David) e Calleri (Juan).
Técnico: Dorival Júnior

Foto: Iago Rodrigues / Pera Photo Press / Gpress

Publicidade

Facebook