Estamos nas Redes

Amazonas

Hemoam registra recorde de doações no Carnaval, mas estoque de sangue ainda necessita de reposição

Publicado

on

Apesar do aumento das doações no período carnavalesco, alta demanda contribuiu para baixa do estoque

Divulgação/Hemoam

    A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) registrou um recorde de doações de sangue durante o período de Carnaval, graças a dezenas de campanhas realizadas em todo o estado e à grande adesão da população. No entanto, mesmo com essa mobilização, o estoque de bolsas de sangue segue crítico.

    A demanda por sangue aumentou significativamente durante o período de Carnaval, devido ao aumento de acidentes de trânsito e incidentes relacionados à folia. Além disso, a retomada das cirurgias eletivas após o feriado também contribuiu para a baixa do estoque.

    O Hemoam solicita à população que continue doando sangue para a reposição do estoque. A doação de sangue é essencial para salvar vidas, e todas as medidas de segurança sanitária estão sendo tomadas para garantir a saúde dos doadores e dos receptores. O Hemoam reforça que doar sangue é um ato de solidariedade e que cada doação pode ajudar a salvar até quatro vidas.

    Carnaval em números
    No período do Carnaval, de 17 a 26 de fevereiro, foram 1.711 doações de sangue, entre coletas internas e externas.

    Estoque atual
    No momento, o Hemoam conta com um estoque de 415 bolsas no total, número atualizado às 10h30 desta sexta-feira (03/03). Desse total, 108 bolsas são do tipo O positivo e 12 de O negativo.

    O estoque seguro de sangue é fundamental para garantir que os pacientes que necessitam de transfusão tenham acesso a sangue de qualidade e seguro, evitando complicações e riscos à saúde. No caso do tipo O positivo e O negativo, a demanda é especialmente alta, e o baixo estoque pode levar a situações de emergência e risco de vida para os pacientes.

    O tipo O positivo é o mais comum na população, mas a alta demanda se deve também ao fato de que ele pode ser transfundido para pacientes com outros tipos sanguíneos, o que o torna muito útil em diversas situações médicas. Por isso, é fundamental que haja um estoque seguro desse tipo de sangue, para atender às necessidades diárias de pacientes em todo o estado do Amazonas.

    Já o tipo O negativo é conhecido como doador universal, pois pode ser transfundido para qualquer pessoa, independentemente do tipo sanguíneo. Por essa razão, é especialmente importante ter um estoque seguro desse tipo de sangue, já que ele é muito utilizado em situações de emergência, onde não há tempo para fazer testes para descobrir o tipo sanguíneo do paciente.

    Portanto, é essencial que as pessoas doem sangue regularmente, especialmente se forem doadores O positivo ou O negativo. As doações de sangue são seguras e não oferecem riscos à saúde, e podem salvar vidas e ajudar a manter a saúde da população.

    Onde doar
    • Manaus: Avenida Constantino Nery, 4.397, bairro Chapada
    • Coari: Rua 2 de agosto, s/nº
    • Humaitá: Hospital Luiza Conceição, rua Dom José, bairro São Pedro
    • Itacoatiara: Hospital Geral, avenida Acácio Leite, bairro Iracir
    • Manacapuru: Hospital Regional, rua Carolina Fernandes, bairro São José
    • Parintins: Rua Pedro Gonçalves, bairro São José
    • São Gabriel da Cachoeira: Hospital de Guarnição, rua Quintino de Sá Cavalcante, bairro Dabaru
    • Tabatinga: Avenida da Amizade, Centro
    • Tefé: Estrada do Bexiga, bairro Fonte Boa

    Quem pode doar
    Para doar sangue é preciso ter entre 18 e 69 anos, pesar a partir de 50 quilos, estar em boas condições de saúde, ter dormido pelo menos seis horas e estar bem alimentado. Jovens de 16 e 17 anos podem doar com autorização formal do responsável ou representante legal.

    Para mais informações sobre doação, basta acessar as redes sociais do Hemoam ou ainda consultar o Manual do Doador, disponível no link: https://drive.google.com/file/d/10X6wdmrCq7ZmnyF-2B3oBTtTY8FzkwlO/view#anc_1.

    Publicidade

    Facebook