Estamos nas Redes

Amazonas

Confira um guia rápido com os enredos e informações sobre as escolas do Grupo Especial do Carnaval de Manaus

Publicado

on

As oito agremiações que compõem o Grupo Especial se apresentam neste sábado (18/02) com entrada gratuita no Sambódromo

Arthur Casto (Secom) e Arquivo SEC

Uma das atrações mais aguardadas do Carnaval na Floresta é o desfile das escolas de samba do Grupo Especial que será realizado neste sábado (18/02), no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo – na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste.

O desfile das escolas de samba de Manaus envolve uma equipe formada por órgãos estaduais, municipais e a Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma).

O folclore amazônico, homenagens a personalidades, locais e culturas serão lembradas nos temas defendidos pelas agremiações. Para conhecer as histórias que serão levadas à passarela do samba, confira uma breve sinopse sobre os enredos, bem como informações sobre a ficha técnica das oito escolas de samba do Grupo Especial, seguindo a ordem de apresentação no sábado:

Grêmio Recreativo Escola de Samba Vila da Barra Horário do desfile: 20h

Enredo: “Ratanabá: O segredo milenar da Amazônia”

A escola vai revelar na avenida do samba, o mundo místico de Ratanabá, cidade imaginária que viralizou nas redes sociais. O enredo vai mostrar o mundo de 450 milhões de anos no passado e apresenta como seria a primeira capital do mundo e suas riquezas, dentre elas, esculturas em ouro e, principalmente, tecnologias avançadas que, para além da fauna e da flora, seriam o verdadeiro motivo da cobiça dos países pela Amazônia.

Bairro: Compensa
Tempo de fundação: 27 anos
Presidente: Apollo Ferreira
Comissão de carnaval: Roney Cruz, Apollo Ferreira e Marino Caldas
Intérprete: Carlos Endryl
Bateria/Responsável: Pegada da Onça / Mestre Léo (Leonardo dos Anjos)
Rainha de bateria: Jéssica Viana
Mestre-sala e porta-bandeira: Stanio Silva e Luciana Ribeiro

Grêmio Recreativo Carnavalesco Primos da Ilha Horário do desfile: 21h20

Enredo: “D’Além mar, o Amazonas conquistou! José Azevedo, o legado do gajo sonhador”

A agremiação do bairro de São Francisco vai contar a história de vida do fundador do Grupo TV Lar, o empresário, comendador e cônsul honorário de Portugal no estado, José dos Santos da Silva Azevedo, que faleceu em 2018, aos 84 anos. O enredo apresenta o empresário como um dos responsáveis pelo crescimento econômico da capital amazonense.

Bairro: São Francisco
Tempo de fundação: 33 anos
Presidente: Rejane Araújo
Carnavalesco: Júnior Thompson
Intérprete: Mestre Kabeça
Bateria / Responsável: Moleque Atrevido / Luã Costa
Rainha de bateria: Keise Rosa
Mestre-sala e Porta-bandeira: Werly Júnior e Cecília Medeiros

Grêmio Recreativo Social Escola de Samba Andanças de Cigano Horário do desfile: 22h40

Enredo: “Não deixe o samba morrer, não deixe a cultura acabar, o povo cigano clama: ‘salve’ a cultura popular!”
A Andanças de Cigano traz um enredo que clama por respeito, pela luta contra a intolerância e outras questões que possam prejudicar a cultura popular. A agremiação enaltece a contribuição de diversos povos, a pluralidade de manifestações culturais no Brasil, representadas por meio de celebrações, rituais, danças e festas. De norte a sul, de leste a oeste, essas manifestações expressam a multiplicidade cultural do país.
Bairro: Cachoeirinha
Fundação: 47 anos
Presidente: Vilson Benayon Filho
Carnavalesco: Jorge Ricardo Castro, Roberto Araújo, Eliza Sena e Renato Castro
Intérprete: Tuninho Júnior
Bateria / Responsável: Vai ou Racha / Mestre Felix
Rainha de bateria: Rayssa Santos
Mestre sala e porta bandeira: Jorge Mateus Zanny e Vanessa Costa

Grêmio Recreativo Escola de Samba Reino Unido da Liberdade

Horário do desfile: Meia-noite

Enredo: “Bate forte o tambor, Furiosa! Eu quero é Tic, tic, tac! A Reino Unido abre as cortinas para Zezinho Corrêa”

A Reino Unido vai apresentar a vida e a trajetória do artista Zezinho Corrêa. Ícone da cultura do estado, Zezinho, nasceu no município de Carauari e levou o canto, a essência e a magia do Amazonas para o mundo. Vocalista do grupo Carrapicho, o artista faleceu em 2021 e deixou um legado de sucessos, entre os quais, “Tic, tic, tac”, que exalta a cultura regional e ganhou destaque internacional.
Bairro: Morro da Liberdade
Fundação: 41 anos
Presidente: Willian Pimentel
Carnavalescos: Zilkson Reis e Sérgio Fontinelly
Intérprete: Nego Léo
Bateria/Responsável: Furiosa/ Mestre Nica
Rainha de Bateria: Geórgia Varela
Mestre-sala e Porta-bandeira: Nego do Reino e Daiane Serra

Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida

Horário do desfile: 1h20
Enredo: “A Essência… A Seiva… A Fonte… Vitae”

A verde e branco vai levar o folião à formação do planeta Terra, ressaltando a importância da água na existência da vida. A agremiação do bairro da Aparecida pretende chamar atenção à preservação dos recursos hídricos.

Bairro: Aparecida
Fundação: 43 anos
Presidente: Luiz Pacheco
Carnavalesco: Saulo Borges e Almir Nascimento
Intérprete: Wilsinho de Cima
Bateria: Universidade do Ritmo / Mestre Lucas
Rainha de bateria: Maylin Menezes
Mestre-sala e porta bandeira: Marcelo Adriel e Anik Sena

Grêmio Recreativo Cultural Escola A Grande Família

Horário do desfile: 2h40
Enredo: Eirunepé “O Cordel Amazônico”

A agremiação que nasceu na zona Leste de Manaus irá levar para avenida a saga dos nordestinos brasileiros fugindo da seca, navegando pelos rios na busca de melhoria de vida nos seringais da Amazônia. Dentre tantos seringais, será citado “Eiru”, seringal que deu origem à cidade de Eirunepé, no rio Juruá, no Amazonas. A avenida do samba será palco do cordel de amor do sertanejo pela índia kulinaã, do trabalho árduo dos seringueiros e da perseverança de um povo que não desiste de lutar.
Bairro: São José
Tempo de fundação: 40 anos
Presidente: Luiz Gilberto Ferreira
Carnavalesco: Jorge Granjeiro, Fabiano Fayal e Leon Medeiros
Intérprete: Caçula Show e Moisés Oliveira
Bateria: Puro Sentimento / Eduardo Andrade e Luciano Oliveira
Rainha de bateria: Arleane Marques
Mestre sala e porta bandeira: Walmir Júnior e Caroline Medeiros

Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Alvorada

Horário do desfile: 04h

Enredo: Obu Manaó – O alvorecer da cura, sob as bênçãos do céu. Anauê, Samel!

A nação alvoradense faz uma homenagem ao fundador do Grupo Samel, Luiz Fernando Nicolau, que faleceu aos 74 anos, em 2020, vítima de complicações da covid-19. A escola vai contar a saga do médico nascido na cidade de Paraíba do Sul, no Rio de Janeiro, que construiu história em Manaus, se dedicando à carreira política, trabalhos humanitários e ao conhecimento científico da medicina.

Bairro: Alvorada
Tempo de fundação: 27 anos
Presidente: Tangela Ferreira
Carnavalesco: Dudson Carvalho
Intérprete: Francisco Ribeiro (Chicão)
Bateria: Superação / Mestre Rinaldo Batata
Rainha de bateria: Loorranne Souza
Mestre sala e porta bandeira: Luan Vieira e Silvia Marques

Grêmio Recreativo Escola de Samba Vitória Régia

Horário do desfile: 05h20
Enredo: “A nossa especialidade é ser especial, por um mundo mais acessível e humano”
A Vitória Régia vai contar, cantar e decantar a história da população que possui algum tipo de deficiência física, mental, intelectual ou sensorial. A verde e rosa da Praça 14 faz um convite à reflexão sobre o desenvolvimento de políticas públicas que possam garantir, fortalecer e promover os direitos dessas pessoas, pedindo por um mundo mais inclusivo, igualitário, acessível e humano.

Bairro: Praça 14 de Janeiro
Tempo de Fundação: 47 anos
Presidente: Darlan Braga
Carnavalescos: Rayan Sá, Jean Charles, Kássio Soares e Marino Caldas
Diretor de Carnaval: Helen Veras
Intérprete: Prince da 14 (oficial)
Bateria: Berço do Samba / Mestre Chocolate e Mestre Pedrinho
Rainha de bateria: Húrsula Freitas
Mestre sala e porta bandeira: Gledson e Yasmin

Publicidade

Facebook