Estamos nas Redes

Amazonas

Carnaboi iniciando temporada bovina é aprovado por público e artistas

Publicado

on

Folia ao ritmo de boi-bumbá reuniu milhares de brincantes no Sambódromo na noite de domingo

Marcio James/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

A ideia de deslocar o Carnaboi dos quatro dias de Carnaval para o fim de semana logo após a quadra momesca foi aprovada pelo público e pelos artistas, presentes no domingo (26/02), no Sambódromo, para a noite de encerramento da folia bovina.

Com as novas datas, o Carnaboi passou a ter a função dupla de encerrar as comemorações carnavalescas, ao mesmo tempo, abrir a temporada bovina, que inicia com os ensaios dos bumbás em Manaus, e culmina com a realização do Festival Folclórico de Parintins, em junho, na Ilha Tupinambarana.

O levantador oficial de toadas do boi-bumbá Garantido, Sebastião Júnior, foi um dos que aprovaram a iniciativa. “Eu achei uma ideia ótima, pelo fato de estarmos iniciando a temporada. A partir de hoje, começam os eventos bovinos já para Parintins 2023. Achei legal porque, no Carnaval, as pessoas curtem blocos de rua, axé, enfim, os ritmos de Carnaval. E a gente vem pegando o embalo do Carnaboi já para a temporada bovina 2023”, afirmou.

O apresentador oficial do boi-bumbá Caprichoso, Edmundo Oran, que também se apresentou na noite de encerramento do Carnaboi 2023, incluiu-se entre os artistas que aprovaram a ideia.

“O Governo do Estado e a Secretaria de Cultura estão de parabéns pelo belíssimo evento, que está dando início à temporada bovina. Achei bacana essa parte de respeitar a temporada carnavalesca, deixar a folia momesca ter seu espaço, e no final de semana seguinte fazer o Carnaboi, já dando o pontapé inicial rumo à arrancada 2023 do Boi de Parintins. Está aprovadíssimo”, declarou.

O secretário de Cultura, Marcos Apolo Muniz, ressalta que o deslocamento do Carnaboi, para além do período carnavalesco, dá uma nova dimensão ao evento e permite visibilidade maior à cultura parintinense.

“O governador Wilson Lima já nos passou a orientação de como tratar o evento, compreendendo também a importância deste festival para divulgação do nosso estado; e o tanto que agrega de valores e gera de trabalho e renda para tanta gente”, disse o secretário.

Os amantes de boi-bumbá e da cultura bovina também aprovaram e ficaram satisfeitos em saber que a temporada já começou. É o caso de Kenedy Pereira, 22, que já frequentava os ensaios dos bumbás, mas nunca havia participado de um Carnaboi por priorizar as bandas de Carnaval.

“Sempre curti o boi, mas é a minha primeira vez no Carnaboi. Estou achando a experiência maravilhosa, sensacional. Antes, preferia ir para as bandas. Estou aqui desde sábado (25/02) e vou continuar frequentando os ensaios dos bois”, afirmou.

Quem estava no Carnaboi para trabalhar também se mostrou satisfeito com a festa. A indígena Inara Waty estava vendendo artesanato de sua etnia e se disse contente com o movimento.

“Para nós está sendo um grande avanço. É a primeira vez que a gente está participando deste evento, que tem um espaço para vendermos nosso artesanato indígena, com esse apoio do Governo do Estado. Está sendo de grande valia, porque estamos trazendo nossa cultura não só para o público daqui de Manaus, mas também para muitos turistas”, declarou.

Publicidade

Facebook