Conecte-se Conosco

Polícia

Em Coari, PC-AM prende homem por estupro de vulnerável contra adolescente de 12 anos

Publicado

em

Vítima é ex-enteada do autor do crime

Nesta quarta-feira (29/06), por volta das 6h30, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de um homem, de 46 anos, pelo crime de estupro de vulnerável, praticado contra sua ex-enteada, uma adolescente de 12 anos. O crime ocorreu no dia 1º de fevereiro deste ano, naquele município.

De acordo com o delegado José Barradas, titular da unidade policial, na ocasião do crime, a mãe da vítima viajou a trabalho e deixou a adolescente sob os cuidados do seu ex-companheiro, que é o pai de seus outros filhos menores, momento em que o infrator aproveitou para cometer os abusos.

“A menina contou à tia sobre os abusos que havia sofrido, e ela registrou a ocorrência na delegacia. Imediatamente, iniciamos as diligências em torno do caso, com coletas de informações no local do delito, bem como de depoimentos de testemunhas”, disse o delegado.

Conforme a autoridade policial, durante o depoimento, a menina informou que o autor mantinha relações sexuais com ela desde os 9 anos, o que resultou em vários traumas, inclusive uma tentativa de suicídio. Ela segue em tratamento psicológico.

“Com base nas informações coletadas, foi solicitado à Justiça o mandado de prisão preventiva dele, e a ordem judicial foi expedida no dia 20 de junho deste ano, pelo juiz Fábio Lopes Alfaia, da 1ª Vara da Comarca de Coari. Após o mandado ser decretado, efetuamos a prisão do infrator no bairro Santa Efigênia”, detalhou Barradas.

O delegado frisou que a vítima realizou exames de conjunção carnal e foi encaminhada para atendimento psicológico e demais procedimentos cabíveis.

Procedimentos

O autor responderá por estupro de vulnerável. Ele ficará custodiado na DIP de Coari, à disposição da Justiça.

FOTO: Erlon Rodrigues e Divulgação/PC-AM