Conecte-se Conosco

Prefeitura

Apenas 35% dos beneficiários do ‘Auxílio Brasil’ buscaram as unidades da Prefeitura de Manaus para atualizar o acompanhamento em saúde

Publicado

em

A Prefeitura de Manaus informa que apenas 35% dos beneficiários do programa Auxílio Brasil, do governo federal, procuraram as unidades básicas para atualizar o acompanhamento em saúde no primeiro semestre deste ano. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) alerta que as famílias com o atendimento pendente têm até o dia 30 deste mês para atualizar a situação.

De acordo com a coordenadora das ações de Saúde Nutricional da Semsa, Lia Ferreira, o acompanhamento na Atenção Primária à Saúde (APS) é um dos requisitos para a permanência das famílias no programa. O público-alvo são crianças menores de 7 anos de idade, e mulheres entre 14 e 44 anos.

“Desde o Bolsa Família, que foi substituído pelo Auxílio Brasil, o acompanhamento em saúde é exigido pelo governo federal, mas muitas pessoas não estão comparecendo. O procedimento é essencial para a promoção da saúde das famílias em vulnerabilidade socioeconômica, e também para que o benefício não seja cortado”, disse.

Lia informou que 237.140 usuários são esperados no primeiro semestre. Até a última terça-feira, 21/6, apenas 84.071 foram acompanhados (sendo 15.716 crianças e 68.355 mulheres).

Durante o acompanhamento, o profissional de saúde observa se a caderneta de vacinação da criança está atualizada, se o peso e altura estão adequados, ou se a criança está com algum risco nutricional, entre outros pontos.

No caso das mulheres, também é avaliada sua condição nutricional (altura e peso), assim como exames de rotina e, no caso de gravidez, se ela está com o pré-natal em dia.

“Caso esse usuário esteja com algum problema de saúde, conseguimos identificar em tempo hábil para iniciar a assistência necessária. As famílias devem buscar qualquer unidade básica de saúde e informar que precisam atualizar o acompanhamento do Auxílio Brasil”, orientou.

O acompanhamento em saúde precisa ser feito duas vezes ao ano, sendo que a primeira vigência é de janeiro a junho, e a segunda, de julho a dezembro. O programa Auxílio Brasil também monitora o desempenho escolar das crianças e adolescentes beneficiados, assim como a atualização cadastral da família na Assistência Social.

Segundo Lia Ferreira, os usuários devem ir até as unidades portando documento de identificação com foto, cartão de vacina, CPF ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). O endereço das unidades pode ser conferido no link: https://semsa.manaus.am.gov.br/localizacao-das-unidades-de-saude/.

Texto – Victor Cruz / Semsa

Foto – Isaque Ramos / Semsa