Conecte-se Conosco

Polícia

No bairro Educandos, PMAM apreende carvão vegetal irregular em depósito clandestino

Publicado

em

O material de origem vegetal clandestino foi estimado em mais de R$ 9 mil

Policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), vinculado ao Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) realizaram após denúncia, a apreensão de um carregamento de carvão comercializado de forma irregular, em um depósito clandestino. A ação se deu na tarde de segunda-feira (16/05), no bairro Educandos, zona sul da capital.

Conforme o relato da equipe de policiais ambientais nas viaturas 1999 e 1996, por volta das 15h13 de ontem, receberam denúncia anônima na linha direta, informando que em uma espécie de depósito clandestino, localizado na rua Universal, bairro Educandos, era praticada a venda de carvão vegetal possivelmente com procedência ilegal.

Os policiais se dirigiram ao endereço, onde realizaram contato com um homem de 46 anos, o qual no momento que foi indagado sobre a denúncia confirmou que era realizada a venda de carvão vegetal, sendo constatado na vistoria, uma quantidade de 26 metros cúbicos de carvão vegetal armazenados irregularmente no local. O proprietário foi questionado se possuía os documentos legais e obrigatórios que licenciavam para a atividade e comercialização do material de origem vegetal, ao passo que respondeu não dispor, caracterizando crime ambiental previsto no artigo 46 e 60 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98. 

Em razão dos fatos, o homem foi detido e todo o material, ao todo 265 sacos de carvão estimados em R$ 9.275,00, apreendidos e encaminhados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A Polícia Militar por meio de suas unidades de policiamento ambiental orienta a população que, expor a venda, ter em depósito, transportar ou guardar madeira, lenha, carvão ou outros produtos de origem vegetal, sem licença válida para todo tempo da viagem ou do armazenamento, outorgada pela autoridade competente, configura crime ambiental, sujeitando seu(s) autor(es) às penalidades previstas na lei.

Denúncia – A Polícia Militar orienta à população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de qualquer ação criminosa, por meio do disque-denúncia 181 ou pelo 190.

Jornalista Flávio Guimarães
FOTO: Divulgação/PMAM