Conecte-se Conosco

Prefeitura

Prefeitura realiza corte e poda de árvores com risco de tombamento na avenida Eduardo Ribeiro

Publicado

em

A Prefeitura de Manaus realizou o corte e poda de árvores que apresentavam risco de tombamento na avenida Eduardo Ribeiro, Centro, nesta quarta-feira, 2/3. A Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) realizou o serviço com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Com cerca de 15 metros de altura, os buritizeiros apresentavam um acelerado processo de apodrecimento na base, que é um grande fator de risco indicativo de tombamento. Segundo o subsecretário municipal de Operações da Semulsp, José Rebouças, no dia 1º/3, a Semmas foi acionada, esteve no local para realizar o diagnóstico, constatou o risco de tombamento e em seguida acionou a Semulsp.

“A nossa equipe operacional entra para realizar o corte e a poda das árvores. Mas esse é o cuidado que temos junto com a Semmas de não retirar árvores à toa. E essas realmente estavam em grande risco de tombarem, e já tinham prejudicado a calçada. Mas, já evitamos, preventivamente, danos maiores, seguindo a determinação do prefeito David Almeida e do secretário da Semulsp, Sabá Reis”, destacou Rebouças.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) já foi acionada para fazer a restauração da calçada.

Reaproveitamento

Todo resto de tronco de árvores da avenida Eduardo Ribeiro foi encaminhado para fábrica de tijolos e será devolvido para utilização nas restaurações de praças e parques de Manaus. E os galhos das árvores foram triturados, levados para o aterro sanitário e transformados em adubo, também para serem utilizados no paisagismo da cidade.

“O que antes viravam lixos e despesas para os cofres públicos, agora são reaproveitados e transformados em tijolos. É assim que a Prefeitura de Manaus, por meio da Semulsp, está transformando a madeira proveniente da poda de árvores em todo o município”, destacou Rebouças.

Texto – Rebeca Mota / Semulsp

Fotos – Divulgação / Semulsp