Conecte-se Conosco

Prefeitura

Casarão da Inovação Cassina sedia encerramento de workshop sobre investimentos para empreendedores da região Norte

Publicado

em

Foi realizado nesta quarta-feira, 15/12, o encerramento do “Workshop de Investimento”, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), por meio do programa Capital Empreendedor, no Casarão da Inovação Cassina, localizado no centro histórico, e administrado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi).

O evento, voltado para startups e empresas inovadoras, foi realizado durante três dias. Os empreendedores participaram de capacitações sobre capital de risco e preparação de deck para investidores, além de um Meet de Negócios com investidores locais e com o head de investimento Rafael Ribeiro, representando a Bossa Nova Invest na análise do portfólio local de startups.

“Acredito que o workshop que proporcionamos é para poder diminuir um pouco a distância, que ainda existe do investidor do Sudeste com os empreendedores do Norte. Então, essa oportunidade que o Sebrae, em parceria com a prefeitura, proporcionou para os empreendedores locais é realmente um aprendizado”, ressaltou Rafael Ribeiro.

Segundo a coordenadora do projeto Capital Empreendedor, Maria Auxiliadora Umbelino, a ideia é que o encontro possa dar frutos de conexões e networking aos investidores que vieram conhecer os negócios e passaram pelas startups. “O evento foi um sucesso, um momento bem interessante de interação entre as startups, para que a gente tenha cada dia mais um ambiente de negócios estruturado e mais robusto”, pontuou.

Programa

Realizado desde 2018, o Capital Empreendedor já possibilitou que cem empresas conseguissem aportes financeiros no valor total de R$ 67,6 milhões. Em todos os ciclos, o programa já ofereceu mais de 11 mil horas de capacitação com a participação em torno de 750 startups de 24 Estados e Distrito Federal.

De acordo com a coordenadora do projeto no Sebrae, Maria Auxiliadora Umbelino, as expectativas para os investimentos do ciclo 2021 são muito boas, tendo em vista o momento favorável para as startups brasileiras. Somente neste ano, 13 empresas participantes do ciclo 2021 já receberam em torno de R$ 8,3 milhões em recursos, antes mesmo de finalizar o ciclo.

No dia 25/11, ocorreu o evento final de encerramento do Ciclo 2021, com apresentação de resultados e perspectivas do projeto.

No Ciclo 2021, o Capital Empreendedor contou com a participação de 270 empresas nas primeiras etapas com o Workshop de Empreendedores e Oficina de Pitch. Dessas, 90 startups seguiram para a etapa de Mentorias, na qual receberam 50 horas de orientação individual de mentores especialistas nos temas: Negócios; Comportamento Empreendedor; Growth, Produtos e Dados (GPD); Governança e Máquina de Vendas. Para a última etapa, o Circuito de Investimentos, 50 empresas foram escolhidas para participarem de duas rodadas de investimentos com investidores convidados: investidores anjos, aceleradoras, plataforma de crowdfunding de investimentos e fundos de investimentos seed.

Texto – Divulgação / Semtepi

Fotos – Divulgação / Semtepi