Conecte-se Conosco

Prefeitura

Prefeitura promove mostra científica com base em vivências práticas nas unidades de saúde

Publicado

em

Com o objetivo de difundir o conhecimento e intercâmbio de experiências vivenciadas nas práticas de saúde da rede municipal, a Prefeitura de Manaus está realizando a IV Mostra de Pesquisa Científica. O evento, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio da Escola de Saúde Pública (Esap), é dirigido a pesquisadores, instituições de ensino, alunos de graduação e pós-graduação, servidores e trabalhadores da saúde envolvidos com a temática abordada.

A mostra está sendo realizada na modalidade virtual, pelo “Canal Telessaúde”, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), no YouTube (www.youtube.com/telessaudeamazonas). Ao longo da programação, que será concluída nesta quinta-feira, 15/12, pesquisadores de instituições de ensino superior nacionais e internacionais, que atuam em vários níveis de estudos, da iniciação científica ao doutorado, irão apresentar os resultados de suas produções científicas realizadas em unidades de saúde do município.

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, participou da abertura da programação e ressaltou que a mostra científica evidencia que o esforço para produzir pesquisa deve caminhar junto aos trabalhos de gestão, porque elevam a qualidade do serviço público de saúde.

“Eu fico muito feliz por essa articulação entre a pesquisa e a gestão, porque o trabalho científico resulta na melhoria dos nossos serviços. Parabenizo a todos que participam do evento pelo esforço. A política pública sai mais fortalecida com a produção de conhecimento científico”, assinalou.

Ao fazer um balanço do evento, a diretora da Esap, Karina Cerquinho, explica que esta já é a quarta edição da mostra científica, um evento que vem sendo realizado desde a criação da Esap, em 2018. Segundo ela, a atenção primária, gerenciada pela Semsa, é um cenário rico para pesquisas que compreendem a iniciação, mestrado, doutorado, Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e estudos envolvendo várias instituições.

“Este ano a ênfase das pesquisas foi dada à vigilância epidemiológica. São resultados importantes, para orientar os gestores e servidores. A mostra é evento fundamental para os pesquisadores fornecerem a devolutiva dos seus resultados, análises e das reflexões que realizaram na rede municipal de saúde. É uma contribuição para que a rede aprimore seus serviços”, reforçou.

Os 29 trabalhos que compõem a mostra estão distribuídos em nove temáticas sendo: Grupos Especiais, Saúde do Idoso, Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde Bucal, Assistência Farmacêutica, Atenção Psicossocial, Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Atenção Primária à Saúde e Saúde da Mulher, suscitando o diálogo entre a gestão, ensino, serviço e a comunidade.

Texto – Tânia Brandão / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

Publicidade

Facebook