Conecte-se Conosco

Polícia

Do jiu-jitsu a pistoleiro de facção, ex-lutador teria assassinado e esquartejado mais de 20 pessoas em Manaus

Publicado

em

Segundo informações da polícia, Lucas José, um ex-lutador de jiu-jitsu resolveu deixar o esporte de lado para virar pistoleiro de uma facção criminosa.

O pistoleiro é suspeito de executar cerca de 24 pessoas, tendo como modus operandi, o esquartejamento de suas vítimas. Com o assassino, a polícia obteve uma espécie de “lista negra” em um caderno, onde anotava os endereços, as datas e a quantidade de vítimas assassinadas por ele. 

A “lista negra” foi encontrada na casa em que morava, localizada no bairro Novo, na rua P32, na Zona Leste.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *