Conecte-se Conosco

Nacional

O menino do MBL que fez apologia ao estupro e o silêncio das feministas: Damares vai acionar o MP para investigação (veja o vídeo)

Publicado

em

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, usou suas contas nas redes sociais para manifestar seu repúdio ao vídeo em que aparece o líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Renan dos Santos, fazendo um discurso, no mínimo, estranho e que deveria ser enquadrado como criminoso.

No vídeo, divulgado na noite deste domingo (12), o integrante do MBL diz que ‘Bárbara’ será ‘estuprada’ caso não consiga um bar para os militantes.

A jovem citada saiu em defesa de Renan, e alegou que se tratava de uma ‘piada interna entre eles’.

Uma ‘piada interna’ que foi filmada e viralizou… Um absurdo inaceitável.

A ministra também não achou a tal “brincadeira” aceitável, já que considera que o estupro é um assunto que deve ser tratado com extrema seriedade:

“Já pedi atuação da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos! Inadmissível Isto! Não vamos permitir que estes jovens que se dizem tão politizados façam uma “brincadeira” desta! VAMOS ao MP para pedir investigação sobre autenticidade do vídeo”, escreveu a ministra no Twitter.

“NÃO É BRINCADEIRA! Já pedi atuação da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos. Quero apuração! Inadmissível Isto! Inadmissível! Não vamos permitir que estes jovens que se dizem tão politizados façam uma “brincadeira” desta!”, escreveu a ministra em rede social.

Já vamos amanhã ao Ministério Público pedir apuração para saber se o vídeo é autêntico e se esta frase sobre ESTUPRO foi mesmo pronunciada. Em caso positivo vamos pedir as providências previstas em lei”.