Conecte-se Conosco

Política

Veja quem irá comandar as principais comissões da Câmara Municipal de Manaus

O vereador Joelson Silva, nome ligado ao ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto, será o responsável pela Comissão de Constituição e Justiça

Publicado

em

Na última quarta-feira (10), a Câmara Municipal de Manaus (CMM) elegeu os presidentes, para o biênio 2021-2022, das 21 comissões que fazem parte da Casa Legislativa Municipal. Esses colegiados são responsáveis por analisar e discutir temas variados como Saúde, transportes, Educação, obras públicas, finanças, bem como darem parecer aos projetos de lei apresentados pelos parlamentares e executivo municipal.

O ex-presidente da CMM e um dos principais aliado do ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto, vereador Joelson Silva, será o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), considerada uma das mais importantes da Casa, pois é por ela que passam todos os projetos para detectar legalidades ou ilegalidades, mas também, politicamente é a mais forte, pois o presidente e o relator travam ou ‘fazem andar’ projetos.

Já a Comissão de  Finanças, Economia e Orçamento (CFEO) ficará sob o comando do vereador Lissandro Breval, atualmente, um dos nomes mais próximos do prefeito de Manaus, David Almeida. O parlamentar, que é do mesmo partido do chefe do Executivo Municipal, terá a missão de gerir a comissão que avalia todos os projetos que envolvem recursos financeiros.

O senador Omar Aziz também terá um ‘braço’ em uma das comissão. Isto porque, a vereadora Glória Carrate, que acumula seis mandatos, será a responsável pela Comissão de Ética (Comet). Amiga particular do parlamentar, o colegiado gerido por ela tem a função de orientar e aconselhar sobre ética profissional do servidor, no tratamento com as pessoas e com o patrimônio público.

A Comissão de Esportes (Comesp) será de responsabilidade do vereador Allan Campêlo, irmão da deputada estadual Alessandra Campêlo. Ele terá como vice, o vereador João Carlos, que já foi secretário de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), na gestão de Arthur Neto.